Anúncio

Anúncio

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Harmonização: Bohemia Aura Lager com Monster Burger

Que tal começar a semana harmonizando uma Bohemia Aura Lager, uma cerveja do estilo Vienna Lager com um Monster Burger (Pão de burger selado na manteiga, burger de 200gr de carne bovina, fatias de queijo prato derretido, fatias rústicas de bacon de lombo suíno e um delicioso barbecue caseiro).

A cerveja escolhida foi um dos últimos lançamentos da Cervejaria Bohemia, a Aura Lager, ela recebe esse nome em homenagem ao nascer do sol entre as montanhas da cidade de Petrópolis. Essa cerveja é do estilo Vienna Lager, com 5,4% abv e 27 IBU, leva 4 tipos de maltes e 4 tipos de lúpulos, comercializada em garrafas de 300ml pelo preço médio de R$4,50 - R$5,00.

O que podemos esperar do estilo? Essa cerveja corresponde ao esperado?
O estilo Vienna Lager como o próprio nome diz é uma cerveja de baixa fermentação, de coloração âmbar e boa formação de espuma, no aroma se destacam as notas de malte caramelo e tostado, juntamente com um floral e cítrico dos lúpulos, na boca é uma cerveja de corpo médio, equilibrada entre malte e lúpulo com final levemente seco. A Bohemia Aura é bem fiel ao estilo e com certeza uma ótima opção custo x benefício.

A taça indicada para esse estilo é a Taça Goblet, se você ainda não tem pode adquiri-la no site do nosso parceiro Meu Copo www.meucopo.com com 15% de DESCONTO em todo o site utilizando o cupom #cervejasepetiscos
*Os copos são lisos sem logomarca (aqui está com logomarca por causa da parceria)
*Cupom não cumulativo com outros cupons/promoções.

Para quem é esta cerveja?
Indicamos para todos os tipos de cervejeiros, principalmente quem está começando nesse universo de cervejas artesanais e quer tomar uma cerveja equilibrada, fiel ao estilo e gastar pouco.

Se você é cervejeiro caseiro e quer reproduzir essa cerveja, a Bohemia disponibiliza a receita, clique aqui.


Nome da Cerveja: Aura Lager
Cervejaria: Bohemia
Origem: Petrópolis/RJ - Brasil
Estilo: Vienna Lager
Nota Ratebeer Geral: --  Estilo: --
Temperatura Ideal: 4ºC - 6ºC
Copo Ideal: Goblet
Graduação Alcoólica: 5,4% vol.
IBU: 27
Valor: 
Litragem: 300ml
Características Visuais: Coloração âmbar translúcida. Espuma de coloração pérola com excelente formação e duração.

Características Olfativas: Malte com notas de caramelo e tosta e lúpulos florais e cítricos.

Características Gustativas: Médio/baixo corpo e média/alta carbonatação. Uma cerveja bem equilibrada, com leve dulçor dos maltes deixando notas de caramelo e tosta que logo se equilibram com o amargor limpo e de média intensidade trazendo notas florais e cítricas. Final é levemente seco e destaque pros lúpulos. O residual é de média persistência e drinkability alto.
Considerações Finais: Surpreendeu positivamente, não só essa como as outras 2 que iremos postar na semana, mil vezes mais bem feita e dentro do estilo que os 3 lançamentos anteriores.
Harmonização: Segundo o rótulo harmoniza com carnes e vegetais grelhados, frango assado, comidas alemã e queijos curados.

Nossa dica de harmonização é um belo Burger no estilo americano, então escolhemos o Monster Burger quer algo mais americano que burger, queijo, bacon e barbecue caseiro? Com certeza um dos melhores se não o melhor burger que já fizemos aqui no blogger, então segura essa.


Ingredientes (6 burger):
- 6 Pão de Burger Grande
- 1,2 kg de carne moída (blend a sua escolha 200gr cada burger)
- 600gr de queijo prato
- 600gr de bacon de lombo suíno
- Barbecue Caseiro

Ingredientes Barbecue Caseiro:
- 350ml de catchup de marca boa
- 1 cebola média picada bem pequena
- 2 dentes de alho picado bem pequeno
- 1 colher de sopa de azeite
- 3 colheres de sopa de açúcar mascavo
- 3 colher de sopa de molho inglês
- 1 colher de sopa de vinagre
- 1 colher de sopa de mostarda
1/2 colher de chá de paprica defumada (no caso usei merkén, é um tempero chileno defumado e bem apimentado)
- Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo:
Em uma panela refogue a cebola e o alho no azeite, depois acrescente o açúcar mascavo e mexa bem, quando ele desmanchar acrescente os outros ingredientes, mexa e deixe apurar em fogo bem baixo por aproximadamente 20 minutos. Retire do fogo e deixe esfriar.

Montagem do Burger:
Abra o pão ao meio, passe manteiga e sele ele na frigideira, reserve-o e vamos fritar o burger a penas modelado sem misturar nada na carne, na frigideira bem quente e com um fio de óleo ou azeite coloque o burger e por cima jogue sal e pimenta do reino a gosto, quando estiver selado vire o burger e coloque 100 gramas de queijo prato por cima e tampe (fique de olho no ponto da carne conforme o seu gosto), feito isso reserve o burger em um prato para que o sugo da carne se distribua, frite o bacon. Agora é só montar, na ordem, pão, burger com queijo, bacon e algumas colheradas generosas de barbecue, coroando com a outra parte do pão.

Faça na sua casa e nos diga o que achou desse delicioso Monster Burger harmonizando com uma cerveja do estilo Vienna Lager.

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Duelo de Estilos: Belgian Tripel La Trappe x Chimay x Abbaye D'Aulne x Wäls

Boa tarde, hoje vamos fazer um post inédito aqui no Cervejas e Petiscos, colocamos 4 cervejas do mesmo estilo frente a frente para ver suas características e escolher a que mais nos agrada, o estilo escolhido para esse duelo foi o Belgian Tripel.

Os rótulos escolhidos foram degustados na seguinte sequência:

1ª La Trappe - Holanda - 8% abv
2ª Chimay - Bélgica - 8% abv
3ª Abbaye D'Aulne - Bélgica - 9% abv
4ª Wäls - 9% abv

Os 2 primeiros rótulos levam o selo Trapista, ou seja, são cervejas produzidas por Monges da Ordem Trapistas dentro dos Mosteiros, já os outros 2 rótulos são cervejas de Abadia, produzidas por cervejarias que respeitam as características do estilo. Isso não quer dizer que só as que levam o selo Trapista são boas como muitas pessoas pensam, temos diversas cervejarias espalhadas pelo Mundo que reproduzem os estilos belga fielmente e que merece respeito. No Mundo todo temos 11 Mosteiros Trapistas, sendo 6 na Bélgica, 2 na Holanda, 1 na Áustria, 1 nos EUA e 1 na Itália.


O que podemos esperar do estilo Belgian Tripel?

São cervejas de coloração dourada/alaranjada e uma formação de creme densa e persistente. Já no nariz podemos esperar condimentos, frutado, notas fenólicas, malte e lúpulo floral, na boca um corpo médio e carbonatação alta, o sabor segue o aroma e o lúpulo pode variar de uma intensidade média a alta, final adocicado e álcool perceptível.

Para quem é este estilo?

Indicamos para pessoas que já estão no universo cervejeiro pois a potência alcoólica e a complexibilidade podem espantar um iniciante, nesse caso indicamos que comecem por rótulos mais leves e fáceis de tomar dentro da própria Escola Belga, como por exemplo a Belgian Blond Ale.

A taça indicada para esse estilo são as Taças Trapistas, se você ainda não tem pode adquiri-las no site do nosso parceiro Meu Copo www.meucopo.com com 15% de DESCONTO em todo o site utilizando o cupom #cervejasepetiscos
*Os copos são lisos sem logomarca (aqui está com logomarca por causa da parceria)
*Cupom não cumulativo com outros cupons/promoções.


Vamos começar nossa avaliação e no final colocamos o ranking.



Nome da Cerveja: LaTrappe Tripel
Cervejaria: La Trappe
Origem: Holanda
Estilo: Belgian Tripel
Nota Ratebeer Geral: 94  Estilo: 96
Temperatura Ideal: 6ºC - 10ºC
Copo Ideal: Taça Trapista
Graduação Alcoólica: 8% vol.
IBU: 30
Valor: 
Litragem: 330ml
Características Visuais: Coloração dourada/alaranjada e levemente turva. Espuma de coloração pérola com ótima formação e média duração, com o tempo se tornando fina e permanecendo.

Características Olfativas: Malte, frutas amarelas, cítricas, fenólico (cravo), leve lúpulo floral e notas alcoólicas.

Características Gustativas: Médio corpo e média/alta carbonatação. Dulçor inicial dos maltes bem pronunciado, muita fruta amarela e cítrica e notas de cravo equilibrados por um amargor floral bem pronunciado, o álcool é perceptível mas não incomoda deixando leve quentura. Final bem equilibrado e frutado. O residual é de alta persistência e drinkability médio.
Considerações Finais: Excelente cerveja, desse duelo pra mim é a mais intensa em tudo.
Harmonização:



Nome da Cerveja: Chimay Triple
Cervejaria: Chimay
Origem: Belgica
Estilo: Belgian Tripel
Nota Ratebeer Geral: 98  Estilo: 99
Temperatura Ideal: 6ºC - 10ºC
Copo Ideal: Taça Trapista
Graduação Alcoólica: 8% vol.
IBU: 36
Valor: 
Litragem: 330ml
Características Visuais: Coloração dourada/alaranjada e levemente turva. Espuma de coloração pérola, cremosa, com ótima formação e duração sujando bem as paredes do copo e com o tempo se tornando fina e permanecendo.

Características Olfativas: Malte, frutas amarelas, cítricas, fenólico (cravo), lúpulo floral e notas alcoólicas.

Características Gustativas: Médio/alto corpo e alta carbonatação. Dulçor inicial moderado dos maltes, frutas amarelas e cítricas, cravo e um floral dos lúpulos bem intenso tomando conta, o álcool é bem inserido deixando leve quentura. Final frutado e destaque pro amargor. O residual é de alta persistência e drinkability bom.
Considerações Finais: Cerveja fora de série, um pouco menos intensa em notas que a La Trappe, o que faz ela ser mais equilibrada e o lúpulo aparece mais tanto no nariz como na boca. Muito elegante e saborosa.
Harmonização:



Nome da Cerveja: Abbaye D'Aulne Premier Cru
Cervejaria: 
Abbaye D'Aulne
Origem: Belgica
Estilo: Belgian Tripel
Nota Ratebeer Geral: 51  Estilo: 39
Temperatura Ideal: 6ºC - 10ºC
Copo Ideal: Taça Trapista
Graduação Alcoólica: 9% vol.
IBU: 20
Valor: 
Litragem: 330ml
Características Visuais: Coloração dourada e levemente turva. Espuma de coloração branca com média formação e boa duração sujando bem as paredes do copo e com o tempo se tornando fina e permanecendo.

Características Olfativas: Fruta cítrica remetendo a laranja madura, frutas amarelas, fenólico (cravo), temperada, malte, lúpulo floral e leve notas alcoólicas.

Características Gustativas: Médio corpo e alta carbonatação. Equilibrada entre o dulçor dos maltes e o amargor floral dos lúpulos, bem cítrica, frutas amarelas, cravo e tempero, o álcool é muito bem inserido com levíssima quentura. Final cítrico e equilibrado. O residual é de média persistência e drinkability boa.
Considerações Finais: Embora mais alcoólica que as anteriores o álcool aqui é muito bem inserido, até agora a mais cítrica e fácil de tomar, o toque temperado deixou ela diferente. Não é a melhor mas é uma boa porta de entrada.
Harmonização:



Nome da Cerveja: Wäls Trippel
Cervejaria: 
Wäls
Origem: Brasil
Estilo: Belgian Tripel
Nota Ratebeer Geral: 94  Estilo: 96
Temperatura Ideal: 6ºC - 10ºC
Copo Ideal: Taça Trapista
Graduação Alcoólica: 9% vol.
IBU: 38
Valor: 
Litragem: 375ml
Características Visuais: Coloração dourada/alaranjada e levemente turva. Espuma de coloração pérola com ótima formação e média duração sujando bem as paredes do copo e com o tempo se tornando fina e permanecendo.

Características Olfativas: Notas cítricas intensa de laranja, tempero, coentro, frutas amarelas, notas fenólicas (cravo), malte e floral dos lúpulos.

Características Gustativas: Médio corpo e alta carbonatação. Dulçor inicial dos maltes, bem cítrica, bastante temperada e picancia do coentro, frutas amarelas e cravo, o floral dos lúpulos aparece com média intensidade para equilibrar o conjunto, o álcool é bem inserido e deixa leve quentura. Final adocicado. O residual é de média persistência e drinkability médio/baixo.
Considerações Finais: É a mais diferente das 4, é bem aromática e temperada (leva coentro e casca de laranja), o dulçor predomina embora seja a com maior IBU, o que faz dela a mais enjoativa na nossa opinião mas uma excelente cerveja.
Harmonização:


Depois dessas 4 avaliações, vamos ao ranking, deixando claro que os critérios de avaliação foram em cima das características que o estilo tem que entregar e claro do nosso gosto pessoal. Todas as 4 são ótimas cervejas e tem seus pontos fortes.


Classificação

Chimay
La Trappe
Wäls
 Abbaye D'Aulne

E você já fez um Duelo de estilos? O que acha das cervejas escolhidas para esse post? Deixe seu comentário, críticas e sugestões.

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Degustação: Cevada Pura & Cigar City Café e Cacau Brown Ale

Boa tarde, depois de algum tempo sem postar voltamos com a degustação da Cevada Pura & Cigar City Café e Cacau Brown Ale, uma cerveja do estilo Brown Ale como o próprio rótulo diz com adição de grãos de café e nibs de cacau orgânico, leva também aveia o que ajuda no corpo, essa cerveja tem 5,8% abv e 30 IBU.

A Cigar City Brewing é de Tampa Bay na Flórida e foi inaugurada em 2009, uma cervejaria bem recente e que já foi eleita pelo site RateBeer.com como a 4ª melhor cervejaria do Mundo em 2013, os caras não estão de brincadeira e fazem excelentes cervejas.

A Café e Cacau Brown Ale é uma cerveja que faz jus ao nome, tanto no aroma quanto no sabor os grãos de café e os nibs de cacau se destacam muito, é uma cerveja muito aromática e saborosa, algo bem diferente das tradicionais Brown Ale, com certeza entra pra lista das favoritas do estilo já que no Brasil temos tão poucos exemplares.

O copo indicado para esse estilo é o Pint, se você ainda não tem pode adquiri-lo no site do nosso parceiro Meu Copo www.meucopo.com com 15% de DESCONTO em todo o site utilizando o cupom #cervejasepetiscos
*Os copos são lisos sem logomarca (aqui está com logomarca por causa da parceria)
*Cupom não cumulativo com outros cupons/promoções.


Para quem é esta cerveja?
Indicamos para pessoas que realmente gostam de café e cacau bem pronunciados.


Nome da Cerveja: Cevada Pura & Cigar City Café e Cacau Brown Ale
Cervejaria: Colaborativa Cevada Pura & Cigar City
Origem: Piracicaba / São Paulo - Brasil
Estilo: Brown Ale
Nota Ratebeer Geral: --  Estilo: --
Temperatura Ideal: 5ºC - 8ºC
Copo Ideal: Pint
Graduação Alcoólica: 5,8% vol.
IBU: 30
Valor: 
Litragem: 500ml
Características Visuais: Coloração marrom com traços rubi, translúcida e brilhante. Espuma de coloração bege com boa formação e baixa duração.

Características Olfativas: Muito café verde e torrado, cacau, malte torrado e caramelo.

Características Gustativas: Médio corpo e média/alta carbonatação. O paladar segue o aroma, muito café verde e torrado, cacau, malte torrado e caramelo, o amargor é de baixa/média intensidade da torrefação. Final levemente seco e café. O residual é de média persistência e drinkability bom.
Considerações Finais: Uma Brown Ale que entrega o que promete com intensidade, muito boa cerveja.
Harmonização: Sem dúvida um Tiramisù ficaria perfeito.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Degustação: Cevada Pura Weizenbier

Boa tarde, hoje vamos dar continuidade as degustações das cervejas da Cevada Pura e para essa degustação escolhemos a Weizenbier ou a famosa cerveja de trigo como muitos conhecem, geralmente é o estilo de entrada que as pessoas tem o primeiro contato, é uma cerveja leve, refrescante e fácil de beber que traz notas que remetem a banana, cravo, notas cítricas e as vezes tutti-frutti.

Esse exemplar da Cevada Pura é uma Hefe Weizen com 5,2% abv e 15 IBU, ou seja, uma cerveja de trigo não filtrada o que deixa suas notas mais evidentes e uma cerveja bem mais saborosa já que nesse estilo o serviço correto é misturar os resíduos do fundo da garrafa ao líquido.

Como muitos sabem o estilo Weizenbier ou Weiss não anda sendo dos nossos favoritos, mas não podemos negar que é uma cerveja muito bem feita e saborosa que daria para tomar várias, não é aquela Weizenbier aguada e sem graça, com certeza uma das melhores nacionais do estilo.

O copo indicado para esse estilo é o Copo Weizen/Weiss, se você ainda não tem pode adquiri-lo no site do nosso parceiro Meu Copo www.meucopo.com com 15% de DESCONTO em todo o site utilizando o cupom #cervejasepetiscos
*Os copos são lisos sem logomarca (aqui está com logomarca por causa da parceria)
*Cupom não cumulativo com outros cupons/promoções.


Para quem é esta cerveja?
É uma cerveja sem restrições, pode ser indicada para iniciantes ou para quem já está no universo da cerveja e procura algo leve, fácil de beber sem deixar a personalidade de lado. Ótima opção para dias mais quentes e harmonizações.


Nome da Cerveja: Cevada Pura Weizenbier
Cervejaria: Cevada Pura
Origem: Piracicaba / São Paulo - Brasil
Estilo: Hefe Weizenbier / Weiss
Nota Ratebeer Geral: --  Estilo: --
Temperatura Ideal: 3ºC - 5ºC
Copo Ideal: Weizenbier / Weiss
Graduação Alcoólica: 5,2% vol.
IBU: 15
Valor: 
Litragem: 500ml
Características Visuais: Coloração laranja, não filtrada com bastante turbidez. Espuma cremosa, de coloração pérola com média formação e duração, com o tempo se torna fina e permanece.

Características Olfativas: Bem cítrica, notas de banana, trigo e fenólicas remetendo a cravo e acides pronunciada. Bem aromática.
Características Gustativas: Baixo/médio corpo e alta carbonatação. De cara sente-se a citricidade e uma acides bem pronunciada, o que aumenta a refrescância, também sente-se as clássicas notas de banana, cravo e trigo, o amargor é baixo e o dulçor se destaca. Final cítrico. O residual é de média/baixa persistência e drinkability alto.

Considerações Finais: Um belo exemplar de Weizenbier, bem aromática e saborosa, me agrada essa citricidade e a acides mais destacada.
Harmonização: Pratos bem temperados, marinados e sobremesa a base de banana.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Degustação: Gouden Carolus Ambrio

Boa tarde, hoje vamos degustar uma cerveja para aquecer esse inverno, a nossa escolhida de hoje foi a famosa belga Gouden Carolus Ambrio, uma Belgian Strong Dark Ale ou também conhecida como Quadrupel de notas 91/87 segundo o site Ratebeer e medalha de bronze no Brussels Beer Challenge de 2012.

A Ambrio tem 8% abv e são encontradas em garrafas de 330ml e 750ml e custa aproximadamente R$30,00 e R$55,00 respectivamente. Uma cerveja de coloração âmbar, espuma bem formada como todas cervejas da escola belga, no nariz e na boca uma cerveja complexa, que passeia por notas de maltes, frutas secas, frutas passas, fenólicas, picante e alcoólicas, ou seja, uma cerveja para ser apreciada lentamente pois a cada gole e conforme esquenta ela te entrega mais, pela complexibilidade indicamos que se você comprar a garrafa de 750ml divida com alguém pois o drinkability não é alto.

O copo indicado para esse estilo é a famosa Taça Trapista (existem vários modelos), se você ainda não tem pode adquiri-lo no site do nosso parceiro Meu Copo www.meucopo.com com 15% de DESCONTO em todo o site utilizando o cupom #cervejasepetiscos
*Os copos são lisos sem logomarca (aqui está com logomarca por causa da parceria)
*Cupom não cumulativo com outros cupons/promoções.


Para quem é esta cerveja?
Indicamos para pessoas que gostam e já estão inseridas na escola belga, ou seja, sabe o que o estilo lhe entrega e o que esperar dele, não adianta apresentar essa cerveja para um iniciante pois provavelmente ele não ira gostar e muito menos usufruir dessa degustação.


Nome da Cerveja: Gouden Carolus Ambrio
Cervejaria: Brouwerij Het Anker
Origem: Mechelen - Bélgica
Estilo: Belgian Strong Dark Ale / Quadrupel
Nota Ratebeer Geral: 91  Estilo: 87
Temperatura Ideal: 5ºC - 7ºC
Copo Ideal: Taça Trapista.
Graduação Alcoólica: 8% vol.
IBU: 
Valor: Méia de R$55,00
Litragem: 750ml
Características Visuais: Coloração âmbar alaranjada e turva. Espuma cremosa, coloração creme de boa formação e duração, com o tempo se mantém fina e deixa rastros nas paredes do copo.

Características Olfativas: Aroma maltado, adocicado com notas de caramelo, tosta, frutas secas (ameixa) e frutas passas (uva passa) e notas fenólicas e picantes da levedura, notas alcoólicas também aparecem. É uma cerveja complexa e bem aromática.
Características Gustativas: Médio corpo e alta/média carbonatação. Dulçor bem presente dos maltes com 
notas de caramelo, tosta, frutas secas (ameixa) e frutas passas (uva passa), presente também notas fenólicas e picantes da levedura belga, o amargor aparece leve quase inexistente e o álcool é perceptível deixando uma quentura no final do gole. Final com dulçor dos maltes e notas fenólicas. O residual é de média/alta persistência e drinkability baixo/médio.
Considerações Finais: Não é uma das favoritas do estilo, mas não podemos negar que é muito bem feita, complexa e saborosa. Vale a experiência.
Harmonização: Massas, aves e carnes de caça.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Degustação: Cevada Pura & Cigar City American IPA

Boa tarde, hoje iremos degustar uma das cervejas colaborativas entre a brasileira Cevada Pura e a famosa cervejaria americana Cigar City, uma American India Pale Ale com 7% abv e 70 IBU que ganhamos da Cevada Pura, um copo cheio pra quem gosta de amargor.

A Cigar City Brewing é de Tampa Bay na Flórida e foi inaugurada em 2009, uma cervejaria bem recente e que já foi eleita pelo site RateBeer.com como a 4ª melhor cervejaria do Mundo em 2013, os caras não estão de brincadeira e fazem excelentes cervejas.

Essa American IPA é facilmente encontrada em lojas e bares de cerveja em garrafas de 355ml a um preço médio de R$20,00, ou seja, um ótimo custo x benefício, mas pra encarar essa belezinha tem que gostar muito de amargor pois seus maltes claros deixam todo o destaque pros lúpulos cítricos, herbais e resinosos. Com certeza uma cerveja pra entrar pra lista das favoritas do estilo.

Para quem é esta cerveja?
Indicamos para os lupulomaníacos, se você está começando ou querendo entrar no mundo do amargor essa não deve ser sua primeira cerveja.


Nome da Cerveja: Cevada Pura American IPA
Cervejaria: Colaboratira entre Cevada Pura & Cigar City
Origem: Piracicaba / São Paulo - Brasil
Estilo: American India Pale Ale
Nota Ratebeer Geral: --  Estilo: --
Temperatura Ideal: 4ºC - 6ºC
Copo Ideal: Caldereta, Pint ou IPA Glass.
Graduação Alcoólica: 7% vol.
IBU: 70
Valor: Méia de R$20,00
Litragem: 355ml
Características Visuais: Coloração dourada, alaranjada e turva. Espuma bem cremosa de coloração pérola, com excelente formação e duração deixando rastros nas paredes do copo.

Características Olfativas: Destaque pros lúpulos com notas cítricas remetendo a laranja e maracujá, notas de frutas tropicais remetendo a muita manga madura e bastante resina, em segundo plano leves notas de malte.
Características Gustativas: Médio corpo e média/alta carbonatação. Logo de cara sente-se uma pancada de amargor com notas cítricas (laranja e maracujá), muita manga madura e notas resinosas que persistem até o final, o malte é bem leve só pra tentar equilibrar o conjunto e o álcool é muito bem inserido. Final seco e de amargor intenso. O residual é de alta persistência e drinkability bom.

Considerações Finais: Excelente cerveja, o destaque é todo pros lúpulos que estavam fresquinhos, uma legitima American IPA.
Harmonização: Queijos azuis, burger e comida mexicana.

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Cerveja para Iniciantes: Data de Validade

Boa tarde, hoje vamos tirar algumas dúvidas em relação a data de validade da cerveja, ela realmente influência ou não? Vale comprar em promoção cervejas que estejam próximas da data de validade? Essa validade serve para todos os estilos?

Bom, para começarmos vamos dizer que a validade é algo imposto pela lei de cada país e varia conforme o produto, se o produto X vence hoje não quer dizer que amanhã ele já esteja estragado, claro tudo depende de como esse produto está acondicionado ele pode durar mais ou menos, quantas vezes você comprou um produto dentro da validade e ele estava ruim? Pois é já perdemos as contas de quantas vezes isso ocorreu não só com cerveja. Então vamos entender que a data de validade estampada na embalagem é algo aproximado e que depende de outros fatores para que dure.

Falando especificamente de cervejas como dissemos acima a data de validade é algo imposto por leis de cada país, nos EUA por exemplo existe a "data de frescor" assim chamada pelos cervejeiros, que são 3 meses para os estilos mais lupulados ou "sensíveis", depois desse período elas começam a perder suas características de frescor mas não quer dizer que estejam ruins ou estragadas, já no Brasil não existe essa "data de frescor" e sim a data de validade que varia dependendo da cerveja de 6 meses a 12 meses.

Então não vale comprar cerveja em promoção próximo a data de validade?
Depende, como dissemos aqui no Brasil a validade varia de 6 meses a 12 meses, digamos que a promoção seja de uma IPA, DIPA, Saison ou alguma Lager (cervejas lupuladas ou "sensiveis"), que estejam a 1 mês de vencer ou seja elas estão engarrafadas 11 meses, quase 4x a "data de frescor" obviamente você não vai levar uma cerveja fresca porque existe milagre...rs
O que você pode fazer nesses casos é experimentar 1 antes de comprar caixas e mais caixas simplesmente porque uma cerveja de R$30,00 está por R$3,00 (acredite tem coisa que não vale a pena), se tiver a opção de garrafa ou lata vá na segunda pois ela protege muito mais a cerveja. Já no caso se a promoção for de uma RIS, Dubbel, Quadrupel, ou qualquer cerveja alcoólica ou envelhecida em madeira pode ir certo que não terá problema, a não ser que tenha sido mal armazenada como já falamos.

Para reforçar, basicamente se seguir os conselhos abaixo a chance de você se desiludir são menores.
- Estilos lupulados e claros devem ser consumidos o mais fresco possível. Para entender a diferença gritante que existe, nada melhor que a prática, pegue uma IPA de determinada cervejaria próximo ao vencimento e pegue uma nova da mesma cervejaria dentro da "data de frescor" e você irá entender o que queremos dizer.
- Entre lata e garrafa, vá de lata e deixe o preconceito de lado, ela conserva muito mais os aromas e sabores por não ter contato com a luz e ter melhor vedação do que a tampinha.
- Observe as condições do rótulo ou da lata, se tiverem em más condições indicam que foram mal armazenadas e provavelmente você terá problemas, independente da data de validade.
- Estilos mais escuros, alcoólicos, com levedura selvagem ou envelhecidas em madeira a data de validade não tem grande valia. Muitas vezes são cervejas que tem potencial para guarda evoluindo muito bem seus aromas e sabores.

Esperamos ter sanado as dúvidas básicas sobre data de validade que muitas pessoas tem quando começam nesse universo da cerveja, não foi nada muito aprofundado para não confundir os iniciantes. Caso você tenha alguma dúvida ou queira sugerir algum tema deixe nos comentários que lhe respondemos.